Como fazer análise estrutural de um filme – Exemplo de análise de filme de Bergman (pt3)

Análise estrutural de O SÉTIMO SELO (1956), de Ingmar Bergman

por Paulo Antônio Pereira

O cavaleiro e a morte
Um cavaleiro medieval, ANTONIUS BLOCK, depois de prolongada ausência, regressa de uma cruzada. Numa praia de sua terra natal, encontra-se com a MORTE e põe-se a jogar xadrez com ela. O jogo se interrompe. BLOCK e seu escudeiro JONS decidem partir a cavalo.

O encontro do cadáver
JONS tenta acordar um homem deitado na areia para perguntar-lhe o caminho para a vila, mas ele está morto, o rosto apodrecido.

Os saltimbancos
JOF
, (o ator mambembe) acorda e conversa com seu cavalo. Teve uma visão com a Virgem Maria. Narra-a para MIA, sua mulher, que não acredita nele. Um bebê chora.

SKAT, um 3º. ator, acorda, reclamando que está cedo.
Pai, mãe e bebê (MIKEL) deitados na gama. Mãe gostaria que seu filho tivesse uma vida melhor. JOF diz que ele vai ter. Canta.
SKAT aparece com uma máscara da morte no rosto – é para o festival de Elsinore. JOF preferia fazer comédia. SKAT diz que ele é o diretor da trupe e os outros devem obedecê-lo.

Os diálogos da capelasetimo_selo
JONS e BLOCK cavalgam até uma pequena igreja de pedra. JONS conversa com o pintor de afrescos da capela e lhe pergunta por que está pintando a morte. Ele diz que uma caveira é mais interessante que uma mulher nua. Pintor descreve as pessoas morrendo de peste – elas se chicoteiam mutuamente por penitência, pensam que a peste é castigo de Deus por seus pecados. Está assustado? Escudeiro lhe pede um trago.
Cavaleiro reza diante de um grande crucifixo. BLOCK procura paz para sua alma num confessionário. De repente, descobre que o tempo todo estava conversando com a MORTE, escondida por detrás da janelinha gradeada do confessionário. A MORTE o convida a reiniciar a partida de xadrez mais tarde, na taberna.

A endemoniada
Em seguida, JONS e BLOCK encontram quatro soldados e um monge amarrando uma jovem, TYAN, a um cepo. Ela deve ser queimada numa pira como bruxa, por ser suspeita de ter causado a peste que está assolando a região.

RAVAL
Seguindo viagem, BLOCK e JONS sentem sede, e o escudeiro, ao ir em busca de um poço, encontra-se com o seminarista RAVAL, que, dez anos antes, havia convencido BLOCK a ir para as cruzadas. RAVAL, que acabara de roubar um anel de uma mulher morta, está violentando uma jovem muda. JONS obriga-o a soltar a moça, que passa a seguir a JONS, sem paradeiro fixo.

O show dos saltimbancos – o Dies irae
Escudeiro, cavaleiro e jovem viajam até à Pousada da Perturbação, diante da qual MIA, JOF e SKAT estão apresentando um espetáculo.

setimo3hj7Cantando o Dies irae, uma procissão de penitentes que se flagelam interrompe a apresentação dos atores. O monge que lidera a turba acusa a multidão de ser pecaminosa, e a ameaça com a morte pela peste. A procissão continua meu caminho.

A traição e a tentativa de vingança
Na taverna, JONS conhece PLOG, um ferreiro desconsolado, que busca sua mulher LISA, a qual ele suspeita ter fugido com um ator. JOF ouve PLOG narrar sua infelicidade matrimonial. RAVAL intervém para gozar do pequeno prestidigitador JOF e para pôr PLOG contra JOF, levantando a suspeita de que o amigo de JOF, SKAT, poderia ser o ator com quem fugira a mulher de PLOG. Entusiasmando-se com seu cruel passatempo, RAVAL obriga o pobre JOF a dançar sobre a mesa, até que JONS interfere, dando uma bofetada em RAVAL.

A refeição em paz
Na carroça do prestidigitador, onde o cavaleiro se encontra com MIA e o bebê. JOF se aproxima deles cambaleando, bem machucado, e MIA lhe presta socorro.

O cavaleiro compartilha com eles uma refeição frugal de morangos silvestres e leite. E convida o prestidigitador e sua família a unir-se ao grupo, para realizarem juntos a perigosa cavalgada através do bosque.
Jogo com a morte continua.

O cavaleiro segue viagem, para continuar sua partida de xadrez com a MORTE. Mas logo a partida é interrompida devido à chegada da companhia de espetáculos do prestidigitador, a qual agora se juntou o velho PLOG. Todos começam então a travessia do bosque.

Encontram a fugitiva
Os viajantes continuam seu caminho e logo se encontram com LISA. Ela tinha fugido com SKAT, o amigo de JOF, mas pouco tempo depois o havia abandonado, voltando arrependida para o marido, e pondo toda a culpa de sua falta em SKAT. Apesar de o pobre PLOG se enfurecer e desafiar SKAT para um duelo, o astuto ator prefere representar uma falsa cena dramática de auto-esfaqueamento.

Consulta à endemoniada
Logo cruzam com a procissão que arrasta a jovem bruxa para queimá-la. O cavaleiro trata em vão de consolar a criatura, que está persuadida de que Satanás a protegeria de todo o mal. Ele lhe pergunta como é o outro lado da vida, onde está Deus… A pira é acesa mas ela não responde.

Morte de SKAT
O grupo continua atravessando o bosque, e mais adiante encontra SKAT, amarrado a uma árvore. A MORTE serra lentamente o galho onde o ator esta sentado. Ela permanece impassível frente aos argumentos astuciosos de SKAT. O galho se quebra e o bosque fica em silencio.

Morte de RAVAL
Ao amanhecer, os viajantes voltam a encontrar RAVAL, agora mortalmente contaminado pela peste. Ele lhes suplica um pouco de água, mas logo morre a certa distancia deles, que procuraram afastar-se por medo de contágio.

Fim do jogo com a Morte
O cavalheiro retoma sua partida de xadrez com a MORTE, enquanto JOF e MIA escapam, em meio a uma tormenta iminente. Por fim, a MORTE dá cheque-mate em BLOCK.

No casteloseventh_seal_11
Em seguida, o cavaleiro leva seus companheiros para o castelo, onde sua esposa KARIN o espera. Partem o pão juntos, enquanto KARIN lê o Apocalipse.

Logo após, ouvem-se golpes insistentes na porta. A MORTE chegou.

A dança da Morte
Na luz do amanhecer chuvoso, JOF e MIA chegam salvos a um refúgio. E JOF tem uma visão final – todos os seus amigos da noite anterior são conduzidos pela MORTE, numa dança solene através das montanhas, até as terras obscuras. MIA critica carinhosamente o marido, por ter uma imaginação tão descabelada.

FIM.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s